Curta FAPITEC/SE no Facebook  Siga-nos no Twitter  Compartilhe-nos no Google+  Conecte no LinkedIn  Assine FAPITEC/SE 

Análise de DNA dos solos e atividade enzimática como bioindicadores de diversidade microbiana em sistemas de restauração florestal na Mata Atlântica

Tipo do Documento: 
Ano de Referência: 
2004
Data do Documento: 
quinta-feira, 14 Outubro, 2004
Descrição: 

Análise de DNA dos solos e atividade enzimática como bioindicadores de diversidade microbiana em sistemas de restauração florestal na Mata Atlântica

Jefferson L.Costa a , Edmar R. Siqueira b

a,b Embrapa Tabuleiros Costeiros, Av. Beira Mar nº 3250 Bairro Sementeira, (079) 226-1359,
a Bolsista PQ do CNPq, jcosta@cpatc.embrapa.br, b edmar@cpatc.embrapa.br

Resumo

A microbiota dos solos tem sido preconizada como um dos indicadores mais sensíveis para detecção de interferências em ecossistemas. Neste trabalho testou-se um método enzimático de determinação da atividade microbiológica e um método molecular ("ARDRA - Amplified Ribosomal DNA Restriction Analysis") na caracterização da diversidade microbiológica para verificar a eficiência de sistemas agroflorestais constituídos para recuperação de solos. Os tratamentos consistiram de um sistema agroflorestal (SAF) composto por 7 espécies nativas, por um SAFs de espécies exóticas com eucalipto e um sistema misto de reflorestamento constituído por pau pombo, sucupira e nim. A associação de Jatobá, Pau Pombo, Sucupira, Maria Farinha, Araticum, amescla, murici e tamboil, no SAF composto apresentam maior diversidade e maior atividade microbiológica nos solos que todos os demais tratamentos Ambos bioindicadores foram eficientes na caracterização da qualidade dos sistemas.

Palavras-chaves: ARDRA, Fluoresceína Diacetato, Ecologia Microbiana .